.

Quero falar mas, nem sempre encontro as palavras certas para me expressar. Nem sei identificar o que sinto ou, porquê é que sinto, tudo o que me passa pela alma, pela cabeça, pelo coração. Enfim,tudo o que vai cá por dentro, por detrás deste sorriso que vêem.

Há momentos que nem sei se é bom, se mau. Se são duvidas, se certezas. Se são medos, se coragem. Se hei-de gritar, se o meu silêncio falará mais alto.
Muitas vezes, nem eu própria, consigo identificar e interpretar os meus sentimentos.
Sei que tenho que me concentrar em viver no Agora, no presente. Deixar-me levar pelos bons sentimentos, sem racionalizar demais, sem procurar respostas no passado nem, projectar ilusões para o futuro.
A vida é o que está a acontecer agora.
O que que vivi no passado, por muito bom que tenha sido, não o vou conseguir alcançar, reviver e sentir, de maneira igual e plena. O que de mau vivi não me consegue alcançar, não me pode fazer mal nem magoar, a não ser, obviamente, que eu o permita. E não, não vou permitir, não permito.
Quero este momento,apenas este.
Saborear com a alma o que me é dado. Mandar para longe o que aconteceu um dia, no passado. O presente é a possibilidade de desenvolver a nossa própria história. De sermos nós as personagens principais e, não para nos arrastarmos em enredos de terceiros ou personagens secundárias.

4 Opiniões Sinceras:

Puzz disse...

o que sinto não anda muito longe das palavras que descreves... enjoy the moment... don't think too much

Rapunzel disse...

Entendo perfeitamente!
E acima de tudo o q escreveste e que eu sublinho cada palavra, adorava não ser tão racional.

Bjs

S* disse...

A nossa historia somos nós que a construimos... e é bom ter noçao do passado e do presente.

Rita :D disse...

Adoro o teu blog e estarei ca sempre que possa para deixar a minha marquinha (:
beijinhos

 
Template by suckmylolly.com - background image by elmer.0