Sinto-me só,custa-me a admitir, mas é a realidade.

.

Não tenho muitos amigos e, com esses poucos não é fácil marcar um café, uma saída ou um jantar.
Esta minha solidão é algo a que já me habituei, que até tem um gosto especial para mim. Orgulho-me de saber estar comigo e, acima de tudo, em paz.
Gosto dos momentos de quietude que vivo na minha casa, muitas vezes no silêncio, a ler, a ver as minhas series, a escrever o que me vai na alma, que mais tarde partilho, aqui, convosco. Aprendi a tirar prazer destes momentos. Saber estar comigo, ouvir-me, estar no silêncio durante horas sem que isso me perturbe.
Depois, há estes dias, em que nos sentimos hiper sensíveis. Dias em que gostaríamos de beber um café, dar um passeio, partilhar ideias ou, simplesmente, estar com alguém além de nós próprios. Alguém não. Com um amigo/a.

15 Opiniões Sinceras:

Poetic GIRL - BELA disse...

Sinto isso tantas vezes... ás vezes olho á minha volta e parece que só eu me encontro sózinha... tenho um bocado de medo da solidão, apesar de gostar de momentos em que me encontro comigo mesma, a solidão completa assusta-me... beijos

Puzz disse...

penso que sei a que te referes... mas ultimamente passa-se o contrario comigo. preciso é de um tempo de calmaria, estar sozinho ouvir os meus pensamentos e tirar as minhas conclusões... existe demasiado ruído à minha volta!

Pochinha disse...

Sei o que isso é. Estou como tu, agardam-me os momentos de quietude, mas por vezes sinto-me demasiado só. Felizmente posso dizer que tenho alguém com quem falar. Por vezes não chega, mas é sempre melhor que nada. "Nenhum Homem é uma ilha", certo?

complicadinha disse...

Nunca me consegui habituar à solidão, é triste, eu sei... tornamo-nos escravos... : (
Estamos aqui contigo ok!! : )
Bjs

Um gajo qualquer... disse...

Partilho muito do que escreveste... no entanto aprendi a fazer novos amigos e com isso acabei por superar alguns desses momentos menos bons em que nos sentimos demasiado sós.

Marianne disse...

Revejo-me tanto neste teu post... Eu fui assim, durante os 4 anos em que vivi sozinha. Sentia-me só, mas gostava (nem sempre, pronto). Entretanto juntei-me, tive uma filha e a solidão acabou... Mas acabou também o sossego! E eu assumo que tenho saudades dos meus tempos de solteirinha independente! Tenho saudades de estar sozinha, de fazer o que me apetece à hora a que me apetece...

Por isso, uma sugestão: aproveita tudo!!

Beijinhos!

B. Zombie [Vanessa] disse...

estamos numa situação muito semelhante.

Miss Kin disse...

Gabo-te o conseguires estar bem, acompanhada apenas por ti própria. Durante muito tempo estive assim e não faço questão de voltar a estar, faz-me sempre falta gente, não uma gente qualquer é certo, mas a minha gente.
É pena que a nossa gente muitas vezes (e vezes a mais) não tenha a necessária disponibilidade.

Rapunzel disse...

há mesmo dias assim...

bjs

Sunrise disse...

Oh Elle, quando esses momentos tomam conta de ti sai para descomprimir. Porque não ir a uma discoteca e conhecer pessoas? Porque não até marcar um blind date? Experimenta o desconhecido, pode ser que até advenha daí uma agradável surpresa. Kiss

S* disse...

Olha menina, eu compreendo-te bem porque sou ainda pior. Amigos? Um. A minha irma.

Estou sozinha no POrto, enquanto que ela está em casa... passo os dias fechada. Se ha dias em que estou bem e fixolas há outros em que é uma merda.

inwhitelight disse...

Eu também sou muito assim. Apesar de viver com o meu namorado e por isso nunca ter momentos de extrema solidão. mas tenho poucas amigas e moram longe. Tentámos encontrar-nos uma vez por mês e eu fico sempre ansiosa à espera desse dia!

O meu olhar disse...

Penso que todos nós, de vez em quando, nos sentimos assim o que não quer dizer que estejamos, efectivamente, sozinhos:)
beijo, abraço... o que precisares mais:)

Joana disse...

Peço desculpa pela invasão. Mas adorei, não, amei o texto. Também gosto da minha solidão, de me conhecer, de me entender. Só assim entendemos os que nos rodeiam. Mas também há dias em que dou em doida pela ausência de uma outra pessoa.

Se quiseres, visita o meu http://speechlessmind.blogspot.com/

ladybug disse...

Acho que deixei a leitura do teu blog neste post. Não é um post qualquer... Podia ter sido escrito por mim. Provavelmente fi-lo muitas vezes na minha cabeça, só não tive coragem de o pôr por escrito. Sim, da primeira à ultima letra, este post podia ser meu...

 
Template by suckmylolly.com - background image by elmer.0