Quase banal

.


Memorizo os teus sorrisos, o som das tuas gargalhadas e os teus abraços.
Orgulho-me quando te faço rir e quando alinhas nas minhas maluquices.
Olho-te.
Procuras ajuda nesses manuais que apoias sob os joelhos. Manuais que, para mim, são e não deixar de ser uma incógnita matemática.
Encontraste o que querias, voltas ao computador e continuas a trabalhar nessas linhas amontoadas de códigos e barras a que chamas de… repara, não me recordo do lhe chamaste...

Como estava a dizer, olho-te, fecho os olhos e memorizo estes momentos simples e quase banais sem que te apercebas..
.

2 Opiniões Sinceras:

S* disse...

Também te podia falar numa data de pequenas que guardei na memória e no coração... mas nem consigo sem soltar um sorriso.

disse...

E é tão bom quando conseguimos memorizar essas marcas que nos marcam...

 
Template by suckmylolly.com - background image by elmer.0