Resumindo...

.

Infelizmente, há pessoas com uma capacidade de oratória e um poder de convicção que, conseguem transformar uma mentira numa verdade absoluta, nem que seja por pouco tempo. Dizem os sábios, pode-se enganar duas ou três pessoas, mas nunca uma multidão, mesmo dando-se este feito, nunca o será eternamente.
Quando se começa uma mentira é preciso saber mantê-la até ao fim, e, como já sabemos, uma mentira puxa outra, outra puxa outra, e por aí fora.
E assim vive alguém, nas mentiras que criou.
Mas, por muito bem contada que seja, a mentira acaba sempre por tropeçar e cair no meio de chão, na maioria das vezes, é o próprio mentiroso que prega a rasteira a si mesmo.
É neste momento que a verdade vê a luz do dia, e como toda a magnitude diz de sua justiça.
Triste, é triste constatar que há gente que vive tão frustrada, que não consegue viver, aceitar e venerar a verdade. Pessoas que têm que inventar uma realidade, uma verdade para se conseguirem olharem ao espelho.
Querem saber mais? Mesmo sabendo que são uns mentirosos, uns manipuladores e sem carácter, ainda se julgam superiores, melhores e maiores, porque venderam uma mentira.
Difamaram alguém, limparam a cara sujando a de outrem, mesmo sabendo que não usaram factos verídicos.
Se a verdade custa a dizer? Sim, custa. Mas pior que a dizer é viver com uma consciência pesada, viver no sobressalto de ser apanhada, memorizar quais a mentiras que foram contadas e a quem, é perder a nossa credibilidade, a nossa palavra e dignidade, e, às vezes, por coisas que tão insignificantes e tão menores que nem valem a pena.
A toda as pessoas que sofrem desta doença, os meus sentimentos, as melhoras e estou-me a f*** para vocês.
Inventem o que quiserem, estejam à vossa vontade.



*isto não quer dizer que nunca minta, sou humana, certo?
Mas não minto sobre coisas importantes, sobre a vida dos outros, sobre a minha vida, sobre sentimentos (quando muito não respondo) e tento ser a mais sincera possível, sem magoar os outros!
.-

11 Opiniões Sinceras:

Ricardo disse...

Assino por baixo... Essas pessoas não merecem nada... Mas a mentira não dura para sempre ela vem sempre a cima

maria inês disse...

Mentira é mentira e mais nada!

rosemary disse...

Ora, e quem fala assim não é...

Há pessoas que são mentirosas compulsivas and proud of it, o que me deixa deveras irritada. Não suporto gentinha dessa (infelizmente já me cruzei com uma criatura dessa espécie...)

Bjs*

Femme Fatale disse...

Concordo contigo. Infelizmente tive a má sorte (e um pco de teimosia e de falta de inteligencia emocional) de conviver 3 anos com uma pessoa assim. Que até a coisa mais insignificante era inventada na altura. Mentia e criava historias até de outras pessoas. Um dia felizmente abri os olhos e escolhi a verdade! Escolhi-me a mim. E um dia que sinta uma mentira de alguem com quem partilho a minha vida.... simplesmente me afasto no segundo a seguir.

Rosie Dunne disse...

eu concordo contigo, tambem!

em relação ao teu comentario no meu blogue, o vestido não é meu (foi uma imagem que tirei da net), mas não me importava mesmo nada :P
beijinho

Luis disse...

Eu conheço uma pessoa que consegue mentira por todos os motivos imagináveis. Até mente impressão. E ele envolve-se de tal forma nas mentiras, que acho que acredita realmente nelas.

Mas como nunca fui prejudicado pelas mesmas e são inocentes...

Cátia disse...

oias!

passei por aqui para te dizer que tenho um selo para ti no meu blog.
como gostei do teu blog indiquei-te.

bjnh

Cátia disse...

Ah sobre o tema.
Eu conheço duas pessoas que vivem de mentiras, do mundo falso que criaram para elas.
Uma mente mas só sobre ela é totalmente inofensiva. Nunca mente com a intenção de prejudicar ninguem so mente porque a realidade dela é tão dura que ela criou uma vida bem mais simples e bem melhor na cabeça dela. Digamos que ela não tem propriamente ninguem neste mundo que cuide dela.
Já a outra é uma grande best* mente e mente tudo para prejudicar os outros. E claro eu tinha de ser uma vitima daquela best*. Inventu boatos de todas as formas e tamanhos sobre mim. Chegava a revelar segredos de amigos que temos em comum e dizia que tinha sido eu a espalhar tudo. Espalhava boatos maldosos sobre as pessoas e dizia que tinha sido eu dizer aquilo. Farta disto tudo esperei um momento em que essa pessoa mete-se o pé na poça para mostrar a toda gente quem ele realmente era. E consegui.
Só que apesar de toda gente ter percebido quem ele era e me terem dado razão e até agradecido agora todos estão amiguinhos dele outra vez, isto por interesse.
Agora eu penso restabeleci a verdade? sim. Fez-me sentir bem? sim. Ajudei alguém? sim as pessoas têm mais cuidado com ele. Mas quem foi a unica pessoa que se lixou na historia toda? Eu. Porque andei em guerra, defendi pessoas e agora essas pessoas por interesse são "grandes" amigas dele.
Enfim...

inwhitelight disse...

Pelo menos quando é mentira é descoberta deveriam envergonhar-se e os outros abrir os olhinhos para não voltarem a cair em falsos testemunhos... enfim...

Laidita disse...

Conheço pessoas que vivem vidas inventadas e até agora vão-se dando bem pelo meio de um ou outro deslizes pequenos. SE um dia tropeçarem, já ninguém as levanta do chão.

Swadharma disse...

Sim. A mentira pode ser justificada. Uma mentira pode ter como finalidade um 'bem maior' que a verdade não alcançaria ou, até, destruiria.
Contudo, a verdade é que há uma malta por aí, uns cobardes que se dizem donos de uma moral extraordinária que, assim que voltamos as costas, manipulam os factos a seu belo prazer.
Vai na volta, e porque todos conhecemos uma parede com ouvidos, as coisas chegam a nós.
O engraçado é quando nós, no meio de uma conversa de risos, daquelas sem sentido onde todos são amigalhaços atiramos com aquela realidade para 'a mesa'!
"Epá... então andas a dizer que..."
Se tivessem garras trepavam árvores. Se fossem toupeiras desapareciam por baixo dos nossos pés...

*

 
Template by suckmylolly.com - background image by elmer.0